Bicicleta do projeto Bici no Jardim, exposta na Praça da Matriz, é depredada

O Projeto Bici no Jardim, criado em novembro de 2017 pela Câmara Técnica de Turismo, Cultura e Lazer do Conselho de Desenvolvimento Econômico Local (DEL), com apoio do Departamento Municipal de Turismo, tem como objetivo ornamentar espaços públicos e privados com bicicletas antigas ou em desuso e ampliar o conceito de cidade amiga do ciclista. A primeira bicicleta inaugurada foi a da Praça da Matriz, no dia 25 de novembro do ano passado, dando mais alegria e beleza à praça, que é ponto de encontro de crianças, jovens, adultos e idosos não apenas de Rolante, mas de muitos visitantes que vêm ao município, principalmente nos finais de semana.
No entanto, na manhã desta terça-feira, 6, a diretora do Departamento Municipal de Turismo, Simone Tadiotto, juntamente com sua equipe, constatou que a bicicleta que ornamentava a Praça da Matriz havia sido arrancada do local onde estava fixada. Vândalos tentaram andar na "bici" e deixaram flores de um lado, a biclicleta literalmente atirada perto do playground e a cestinha e a placa que identifica o projeto próximas aos banheiros públicos.
"As bicicletas que ornamentam a cidade não têm mais condições de uso, são exclusivas para ornamentação. Tal atitude, além de prejudicar o trabalho dos envolvidos no projeto que se empenham em deixar as bicicletas bonitas para ornamentar vários locais: Agência Sicredi, Espaço Cultural, Prefeitura de Rolante, Lar dos Idosos, Casa da Colônia e Superintendência Sicredi, demonstra o quanto é preciso trabalhar a questão de que no momento em que se depreda um bem público, a pessoa está prejudicando todos os rolantenses, tendo em vista que tudo que é feito é para a comunidade e não para Administração Municipal. Cuidar e zelar pelos bens públicos é um dever de todos nós", salienta Simone Tadiotto.